A estimulação precoce pode ser considerada uma medida preventiva.

Une a adaptabilidade do cérebro à capacidade de aprendizagem, cujos objetivos são evitar e/ou amenizar distúrbios do desenvolvimento neuropsicomotor, potencializando as funções do cérebro do bebê, beneficiando seu lado intelectual, físico e afetivo.

Deve  ser iniciada antes que os padrões de postura e movimentos atípicos tenham sido instalados, ou seja, a partir de 03 meses de idade do bebê.

Baseada em exercícios que visam o desenvolvimento da criança de acordo com a fase em que se encontra, a fisioterapia auxilia a criança a alcançar essas etapas.

Com a intervenção precoce é possível trabalhar esse processo de ensino-aprendizagem, fazendo com que a criança com atraso motor se torne apta a responder as suas necessidades e as do seu meio de acordo com o seu contexto de vida.

Indicação:

O início precoce da estimulação do bebê antes dos seis meses de vida leva a uma melhora significativa no potencial do seu desenvolvimento motor.

Por esse motivo, crianças a partir de 3 meses já tem indicação para atendimento no setor de Estimulação Precoce da Clinica Vitória.

Duração da sessão:

O atendimento é individualizado, de 45 minutos a 1 hora, dependendo do grau de tolerância apresentado pela criança nessa fase.

A indicação da frequência é determinada após realizada a avaliação inicial e determinação do plano terapêutico, podendo ser de duas a três vezes por semana.